Boas práticas no home office

Com a prática do home office em meio à pandemia do novo coronavírus, as reuniões remotas se tornaram a principal ferramenta para a comunicação entre equipes. Embora o trabalho em casa possa parecer menos formal, os princípios da boa comunicação ainda são essenciais.

Reunimos dicas de especialistas da Universidade Stanford para videoconferências mais efetivas e produtivas. Confira:

  1. Fale menos – As reuniões online são mais exigentes e entediantes do que as reuniões presenciais.  Mantenha as reuniões mais curtas do que o habitual e tente não falar por muito tempo. 
  2. Estabeleça regras básicas – Se você for o organizador, compartilhe as regras de participação no início da reunião. Participe de reuniões com o áudio e o vídeo desativados, apresente-se antes de falar e use o botão mudo quando não estiver falando.
  3. Ouça – Margaret Neale, professora de administração, recomenda iniciar a reunião consultando cada participante, caso você seja o facilitador. Convide as pessoas para falar em vários momentos da reunião. 
  4. Converse um pouco – Um dos problemas do trabalho remoto em casa durante a pandemia é o isolamento social,  portanto, é importante reservar um tempo para o check-in informal. Amplie as reuniões uma vez por semana durante uma hora, com 30 minutos para conversar e 30 minutos para conversar sobre pesquisa.
  5. Atribua funções – Para que as grandes reuniões ocorram com mais tranquilidade, designe um coanfitrião para assumir o seu cargo se você tiver problemas técnicos, um moderador para monitorar e responder aos bate-papos e um coordenador para acompanhar o tempo e fazer anotações.