Identidade visual: a valorização da marca

Sabe aquele ditado “a primeira impressão é a que fica”? Ele não poderia ser mais verdadeira quando o assunto é identidade visual de marcas.

Cuidar do design e planejá-lo de forma estratégica é essencial para todo negócio que queira se destacar — e no food service não poderia ser diferente. Uma identidade visual bem construída vai muito além da estética: ela ajuda a posicionar o seu negócio, a atrair o público certo e transmitir a qualidade do seu produto.

Saiba quais são os principais pontos que você precisa levar em conta na hora de desenvolver uma identidade visual para o food service.

1-  Muito além do logo

Quando pensamos em identidade visual, o primeiro elemento que nos vêm à mente é o logo. De certa forma, ele resume todos os valores e atributos que a marca promete oferecer. Por isso, falar sobre identidade visual não se resume apenas à imagem que estampa fachadas e materiais promocionais. Uma das principais funções do design é a valorização da marca.

2- Usando as cores para vender mais 

Você já parou para pensar sobre o porquê de as grandes redes adotarem determinadas cores para comporem a sua identidade visual? Essa escolha não acontece por acaso: as cores desencadeiam associações, impactam na forma como percebemos o que nos cerca e podem estimular ações (inclusive a de compra).

3- Estratégias de design em redes sociais

  • Use sempre as cores da marca em suas postagens

  • Invista em fotos bem produzidas

  • Aproveite os recursos nativos das plataformas

  • Faça descrições clara dos produtos